sábado, 27 de maio de 2017

Resultado do passatempo especial de aniversário "Voo Fantasma"

Aqui fica o resultado do passatempo que o blogue fez em parceria com a Marcador! Estava em sorteio um exemplar do livro Voo Fantasma, de Bear Grylls.



Este sorteio conta com 130 participações, sendo o vencedor escolhido através do random.org. Assim, o vencedor corresponde ao número...



..1! Que equivale à participação de:

André (...) Silva, de Paredes

Muitos parabéns ao vencedor! Já foi enviado um e-mail para confirmar os dados de envio deste prémio.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Resultado do passatempo especial de aniversário "A Rapariga de Antes"

Aqui fica o resultado do passatempo que o blogue fez em parceria com a Suma de Letras! Estava em sorteio um exemplar do livro A Rapariga de Antes, de J. P. Delaney.



Este sorteio conta com 191 participações, sendo o vencedor escolhido através do random.org. Assim, o vencedor corresponde ao número...


..16! Que equivale à participação de:

Elisa (...) Esteves de Olhalvo

Muitos parabéns à vencedora! Já foi enviado um e-mail para confirmar os dados de envio deste prémio.

Opinião: A Educação de Eleanor

Título Original: Eleanor Oliphant is completely fine (2017)
Autor: Gail Honeyman
Tradução: Elsa T. S. Vieira
ISBN: 9789720048981
Editora: Porto Editora (2017)

Sinopse:

Eleanor Oliphant tem uma vida perfeitamente normal – ou assim quer acreditar. É uma mulher algo excêntrica e pouco dotada na arte da interação social, cuja vida solitária gira à volta de trabalho, vodca, refeições pré-cozinhadas e conversas telefónicas semanais com a mãe. Porém, a rotina que tanto preza fica virada do avesso quando conhece Raymond – o técnico de informática do escritório onde trabalha, um homem trapalhão e com uma grande falta de maneiras – e ambos socorrem Sammy, um senhor de idade que perdeu os sentidos no meio da rua. A amizade entre os três acaba por trazer mais pessoas à vida de Eleanor e alargar os seus horizontes. E, com a ajuda de Raymond, ela começa a enfrentar a verdade que manteve escondida de si própria, sobre a sua vida e o seu passado, num processo penoso mas que lhe permitirá por fim abrir o coração.

Opinião:

Gostei mais de A Educação de Eleanor do que estava à espera. Não quero com isto dizer que tinha as expectativas em baixo, atenção, pois a sinopse tinha-me deixado com a sensação de que iria gostar deste livro. Contudo, nada fazia prever os temas que são abordados nem a sensibilidade com que estes são apresentados. Além disso, a protagonista revelou-se mais deliciosa do que seria de prever.

A história é construída com tacto, de forma a nos envolver nela aos poucos e poucos, até ser impossível colocá-la de parte. Logo ao início, é possível perceber que Eleanor é uma mulher diferente. O seu comportamento causa estranheza e os seus pensamentos dão a certeza de que esta é uma figura com uma natureza invulgar. As fracas capacidades sociais são indícios para uma qualquer condição ou trauma, sendo que a forma como encara a própria solidão e a forma rotineira com que leva a vida claramente indicam que algo não está bem.

Ao início não senti empatia por Eleanor. Sentia curiosidade em descobri-la, mas tinha dificuldade em colocar-me na sua pele e em entender as suas atitudes e pensamentos. Mas isso foi mudando. E que mudança aconteceu! Eleanor acabou por se revelar uma personagem que dificilmente será esquecida, que tanto me fez sorrir como emocionar. A forma sincera com que encara tudo é única e os mecanismos que encontra para fazer frente aos obstáculos que encontra impressionam.

É curioso pensar em como a mudança pode acontecer com tão pouco. Um acontecimento aleatório, um estranho que se torna amigo. A forma como a autora operou as alterações nesta protagonista fazem acreditar que Eleanor é real. As mudanças acontecem de forma lenta, requerem "gatilhos" que despoletam pequenas alterações, sendo que estas levam a um maior autoconhecimento e à noção de que é preciso ultrapassar certas barreiras. Adorei acompanhar o caminho que Eleanor percorreu, e confesso que gostaria de continuar. Afinal, percebe-se o que poderá acontecer, mas não há a certeza.

O desenrolar da narrativa está bem conseguido e deixa perceber que este livro foi muito bem pensado. Existe uma história de fundo muito forte, que, apesar de não ser logo apresentada, está latente a todo o momento. Pequenas pistas que são dadas ao longo da leitura permitem-nos construir o passado de Eleanor, mas as certezas só surgem no fim, despoletando emoções fortes. A história, tal como as relações e a transformação da própria Eleanor, é bastante orgânica, cativa e faz acreditar que poderia estar a acontecer agora, no mundo real.

De forma sensível, real, dura e até com sentido de humor, somos levados a conhecer o lado dos que ficam após um acontecimento terrível. É uma visão diferente, que nos faz pensar sobre as marcas que as más acções dos outros nos podem deixar. Esta é uma leitura que toca e que dificilmente será esquecida. Adorei "A Educação de Eleanor" e recomendo a todos os que gostam de personagens desafiantes e de histórias que chegam ao coração.

Novidade da Porto Editora para junho

Adicionar legenda
A Química dos nossos Corações, de Krystal Sutherland
Sinopse: Henry Page não esperava apaixonar-se. Considera-se um romântico, mas nunca viveu aquele momento em que o tempo para, a barriga se enche de borboletas e a música começa a tocar, sabe-se lá onde. Pelo menos, até ao momento.
Então, conhece Grace Town, a esquiva nova colega de escola, que se veste com roupa de rapaz demasiado grande, apoia-se numa bengala, parece tomar banho poucas vezes e esconde segredos desconcertantes. Não é bem a rapariga de sonho que Henry esperava, mas quando os dois são escolhidos para coordenar o jornal da escola, a química acontece. Depois de tantos anos a salvo do amor, Henry está prestes a descobrir como a vida pode seguir um caminho tortuoso e como, por vezes, os desvios são a parte mais interessante desse mesmo caminho.

Disponível a partir de dia 1.


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Resultado do passatempo especial de aniversário "Os 100"

Aqui fica o resultado do passatempo que o blogue fez em parceria com a TopSeller! Estava em sorteio um exemplar do livro Os 100, de Kass Morgan.



Este sorteio conta com 170 participações, sendo o vencedor escolhido através do random.org. Assim, o vencedor corresponde ao número...



..27! Que equivale à participação de:

Celina (...) Matos, de Oeiras

Muitos parabéns ao vencedor! Já foi enviado um e-mail para confirmar os dados de envio deste prémio.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Resultado do passatempo especial de aniversário "Em Fuga"

Aqui fica o resultado do passatempo que o blogue fez em parceria com a Marcador! Estava em sorteio um exemplar do livro Em Fuga, de Peter May.



Este sorteio conta com 192 participações, sendo o vencedor escolhido através do random.org. Assim, o vencedor corresponde ao número...



..77! Que equivale à participação de:

Eduardo (...) Silva, do Porto

Muitos parabéns ao vencedor! Já foi enviado um e-mail para confirmar os dados de envio deste prémio.

Novidades da Planeta para Junho

O Amor que nos Une, de Megan Maxwell
Sinopse: Segundo volume da série As Guerreiras Maxwell, que tem como protagonistas mulheres com um intrépido espírito guerreiro, que perseguem os seus ideais e conjuga o romance histórico com o erotismo.
Uma história de amor bastante forte com a componente erótica própria deste género e que fará as delícias das leitoras mais românticas.

 Disponível a partir de dia 7.




O Milésimo Andar, de Katharine McGee

Sinopse: Nova Iorque, cidade de sonhos e inovação daqui a cem anos. Todos querem qualquer coisa… e todos têm algo a perder. Uma torre de mil andares. A visão brilhante de um futuro onde tudo é possível se assim o desejarmos.
Um romance feminino é uma história de amor entre ricos e pobres, entre o glamour e o luxo e a pobreza. Onde as fraquezas e desejos humanos estão descritos ao longo do livro e onde o objectivo é fazer-nos pensar sobre o que desejamos.

Disponível a partir de dia 7.




Rebeldia, de Cristina Carvalho
Sinopse:  Uma mulher que se rebela desde a adolescência contra aquilo que lhe é imposto socialmente conta-nos a sua história, sem autocomplacência nem piedade.
 Uma história que poderia ser banal, transformada por Cristina Carvalho num romance poderoso e inesquecível em torno dos limites da violência e da liberdade.

Disponível a partir de dia 7.